NOTÍCIAS

In:

Estudantes conquistam prêmio Cendovascular Internacional

Por Assessoria

“Conferimos menção honrosa em 1º lugar ao referido trabalho (Boneca terapêutica: Estratégia educativa para cuidados e prevenção do pé diabético em atenção primária à saúde)”. É o que diz o Certificado conferido ao prêmio de primeiro lugar conquistado pelos alunos do curso de Enfermagem da Faculdade Cesmac do Sertão, Campus Palmeira dos Índios, no 8º Congresso Cendovascular Internacional, e 2º Encontro Alagoano de Enfermagem nos Cuidados da Ferida, realizado nos últimos dias 3 e 4 de maio, no Auditório da Unimed, em Arapiraca.

Estudantes de Palmeira dos Índios conquistam prêmio Cendovascular Internacional

O trabalho vencedor é de autoria dos alunos palmeirenses Carla Eduarda Silva da Fonseca, João Paulo do Nascimento Cordeiro, Myllena Tavares Bezerra, Thaís Valdeci da Rocha Ferro, Núbia Ivo da Silva e Daniele Cristina de Oliveira Lima da Silva. Ele foi escolhido o melhor entre os 179 resumos apresentados nos dois dias do Congresso.
Muito feliz, a professora e orientadora Daniele Cristina disse que a experiência foi realizada na Unidade Básica de Saúde (UBS) São Francisco, em Palmeira dos Índios. “Foi uma ação extensionista planejada e executada por alunos do curso de bacharelado em Enfermagem, utilizando uma boneca terapêutica como estratégia didática para sensibilizar e informar idosos diabéticos sobre a importância do autocuidado com os pés, para prevenir o aparecimento das lesões diabéticas. Estou muito feliz pela conquista do primeiro lugar, entre os 179 concorrentes. Parabéns aos nossos alunos. Palmeira dos Índios também está de parabéns, porque o prêmio vem para o município”, comemorou Daniele.

De acordo com o levantamento dos conhecimentos prévios realizado pelos alunos, a maioria dos idosos tinham conhecimento acerca das complicações do diabetes. Contudo, observou-se que uma grande parcela não tem o hábito de realizar o autoexame e cuidados com os pés. Apenas um idoso relatou ter alguns dos cuidados essenciais para com os pés. “O uso da boneca terapêutica se mostrou como uma estratégia educativa eficaz para sensibilização dos idosos quanto aos cuidados e prevenção do pé diabético”, apontou o resultado do resumo.

Compartilhe:
Tags: ,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com