Publicidade
Tribuna do Agreste
Busca
Área de Login
Usuário:
Senha:
Rádio Cacique FM - hora

00:00

Agenda Cultural

Enquete

Qual o maior desafio para ser resolvido pelo próximo governador Renan Filho?





Classificados

parcialmente nublado31ºC em Maceió parcialmente nublado31ºC em Marechal Deodoro parcialmente nublado28ºC em Penedo parcialmente nublado31ºC em Arapiraca parcialmente nublado31ºC em Palmeira dos Índios
24 de novembro de 2014
Notícias
Polícia

Caso Camila Canuto: homicídio teria sido por motivos passionais

Jovem estaria mantendo relacionamento tumultuado com ex-marido

22 de Novembro de 2013

Informações não oficiais chegadas à redação da TRIBUNA DO AGRESTE dão conta de que Camila Canuto, a jovem sequestrada na manhã de ontem (21) em Arapiraca e assassinada com um tiro na cabeça no final da tarde, numa estrada vicinal da Zona rural de Cachoeirinha em Pernambuco, tenha sido vítima de crime passional.

A jovem estava separada de seu marido (residente na Paraíba) há menos de um ano e mantinha segundo informações – desde a separação – um relacionamento tumultuado.
Os indícios e roteiro do crime como o sequestro, o momento quando a vítima antes de morrer atendeu o telefone de familiares, pedindo calma aos mesmos e o desfecho final, de acordo com informações extra-oficiais, leva a crer que se trata de crime passional, devido ao fato de que a jovem estaria se relacionando com outro homem.
O nome do ex-marido de Camila Canuto não foi revelado.

O crime
A jovem Camila Canuto, 20 anos, filha do empresário Cícero Canuto, o Cícero da Pitu, dono de várias empresas em Arapiraca foi sequestrada na manhã de ontem (21).
A jovem que gerenciava uma das empresas do pai, saiu cedo, como de costume, para ir ao trabalho, em seu veículo, um cross Fox, de cor branca, mas acabou não chegando ao local de destino.
A família quando percebeu a ausência da jovem tentou entrar em contato com ela pelo celular, mas quando a mesma atendeu o telefone, não pode falar e chorando muito pediu calma à família. Ela havia sido sequestrada.
No final da tarde, por volta das 17 horas, a jovem foi encontrada morta, com um tiro na cabeça, numa estrada vicinal, mas precisamente na Fazenda Ubá, pertencente ao município de Cachoeirinha, Pernambuco.

Redes Sociais
O crime repercutiu expressivamente nas redes sociais, com muita indignação e revolta. Familiares e amigos comentavam que não acreditavam no que acontecia e pediam justiça.


Redação

Galeria de imagens

Comentários

romerio

meu Deus o que isso esses criminosos tem pagar por esse crime e que Deus coloque ela em bom lugar

22 de Novembro de 2013

Publicidade

Ministério Público

Tudo que há

© 2014. Todos os direitos reservados a Tribuna do Agreste. Se você não lê, de onde virá seu saber? id5 soluções web