Publicidade
Tribuna do Agreste
Busca
Área de Login
Usuário:
Senha:
Rádio Cacique FM - hora

00:00

Agenda Cultural

Enquete

O que você acha da atuação do governo de Alagoas na área de segurança pública em Arapiraca?







Classificados

parcialmente nublado20ºC em Maceió parcialmente nublado20ºC em Marechal Deodoro parcialmente nublado25ºC em Penedo parcialmente nublado20ºC em Arapiraca parcialmente nublado20ºC em Palmeira dos Índios
16 de setembro de 2014
Notícias
Cidades
Paulo Rios
Governador esteve em solenidade que marca a entrada em operação

Consórcio Tomé-Ferrostaal entra em operação no Porto de Maceió

Governador participou da solenidade nesta sexta-feira (7); consórcio vai investir em torno de U$ 1,2 bilhão e deverá gerar em média dois mil empregos diretos

08 de Junho de 2013

     O governador Teotonio Vilela Filho participou nesta sexta-feira (7), no Porto de Maceió, da solenidade que marca a entrada em operação do consórcio Tomé-Ferrostal, no Porto de Maceió. O consórcio vai construir módulos para as plataformas de exploração do pré-sal. O investimento está em torno de U$ 1,2 bilhão e deverá gerar em média dois mil empregos diretos.
    Depois de pronta e operando, cada plataforma terá capacidade de processar diariamente até 150 mil barris de petróleo e seis milhões de metros cúbicos de gás. O governador comemorou a inauguração de mais um empreendimento de grande porte no Estado. “Este é o empreendimento de número 77. São 77 novas empresas de médio e grande porte instaladas em Alagoas nos últimos seis anos”, afirmou.
    De acordo com o governador, após 30 anos, o Estado de Alagoas finalmente tem credibilidade para receber investimentos externos. “Depois de décadas sem nenhum investimento, resultado de uma série de problemas que podem ser resumidos em gestões equivocadas, hoje Alagoas tem credibilidade, hoje as empresas confiam empregar seu capital aqui, pois tem confiança na administração, segurança jurídica e recebem incentivos”, disse
    “Antes, não havia confiança nos políticos que administravam o Estado. Hoje, trabalhamos em sintonia com investidores nacionais, internacionais e temos uma parceria firme e produtiva com o Governo Federal, que reconheceu o nosso esforço para realizar o ajuste fiscal, readquirir credibilidade e reconquistar a confiança dos investidores”, acrescentou.
    Teotonio ainda ressaltou a confiança do Governo Federal no Governo de Alagoas. “Quando cheguei ao Governo de Alagoas, Lula já era presidente. E porque antes disso não chegavam os investimentos? Tanto o presidente Lula quanto a presidenta Dilma sabem da nossa seriedade e essa é uma parceria fundamental para o estado e a qual nós só temos a agradecer”, ressaltou.
    “E não só o Governo Federal, como o Banco Mundial, o BID, a Unicef e o PNUD [Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento], pois Alagoas agora tem rumo, tem prumo, tem credibilidade e, principalmente, tem respeito a vocês operários e também aos alagoanos”, afirmou, dirigindo-se aos operários presentes à solenidade.
    A administradora do Porto de Maceió, Rosiana Beltrão, agradeceu ao Governo do Estado pelo apoio recebido para a instalação da fábrica e pela liberação, por meio do Instituto do Meio Ambiente (IMA), da licença para o funcionamento da fábrica. “O IMA foi importante nessa empreitada e o Governo foi totalmente favorável aos nossos pleitos. O que está acontecendo aqui hoje é mais um projeto para agregar     valor ao Estado, dar emprego e gerar renda para Alagoas e os alagoanos”, afirmou.
    O presidente da Tomé-Ferrostal, Laércio Tomé, também agradeceu ao Governo e afirmou que a empresa veio para se perpetuar no Estado. “Chegamos a Alagoas com apoio do Governo Estadual e Federal, aos quais agradeço. Estamos trazendo uma quebra de paradigmas com novas possibilidades para Alagoas. Eu tenho uma grande responsabilidade por enfrentar esse desafio e trazer para Alagoas esse projeto. A Tomé     veio para permanecer, trazer novos contratos para o Estado e perpetuar essa fábrica de módulos”, garantiu.
    A solenidade teve a participação de secretários estaduais, entre eles, o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Luiz Otávio Gomes; deputados estaduais; prefeitos; secretários municipais; empresários e os operários da obra.

Comentários

Publicidade

Ministério Público

© 2014. Todos os direitos reservados a Tribuna do Agreste. Se você não lê, de onde virá seu saber? id5 soluções web