;

NOTÍCIAS

In:

Governo e Ministério montarão equipe para fomentar agronegócio

Por Ivan1
Ministra entende que governo federal tem que ser mais generoso com Alagoas. (Foto: Felipe Gonçalves)

Ministra entende que governo federal tem que ser mais generoso com Alagoas. (Foto: Felipe Gonçalves)

O desafio de tornar a área irrigada pelo Canal do Sertão em um polo de produção agrícola foi tema da reunião entre o governador Renan Filho e a ministra da Agricultura, Katia Abreu, na manhã desta quarta-feira (15), em Brasília-DF. O Canal do Sertão é a maior obra hídrica do Nordeste.
O governador pediu ajuda ao ministério para buscar empresas que pudessem investir no canal com o objetivo de desenvolver o agronegócio e gerar alternativas de emprego e renda na região. Ao mesmo tempo, Renan Filho afirmou que pretende implementar um programa de incentivo locacional e creditício para apoiar não só a indústria, mas também o agricultor.
O gestor alagoano argumentou ainda que para o bom desenvolvimento do projeto, Alagoas precisa ter uma sede da Embrapa e sugeriu que fosse localizada em Arapiraca – Agreste de Alagoas -, por ser a cidade que abastece o Estado.
“É muito importante termos um braço de pesquisa e tecnologia nessa cidade que é um cinturão verde e uma das que mais cresce no Brasil”, argumentou Renan Filho.
De acordo com a ministra Kátia Abreu, Alagoas será um dos estados atendidos por um programa do Ministério que pretende aumentar o número de famílias de classe média no meio rural, diminuindo a pobreza no campo.
“O Brasil precisa olhar com solidariedade e generosidade para Alagoas. Estamos muito contentes com o seu entusiasmo, governador, de querer mudar a situação de Alagoas. Nós vamos ajudar”, garantiu Kátia Abreu.
O Governo de Alagoas e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento acordaram, durante a reunião, a conformação de uma equipe de trabalho, com técnicos de diversos órgãos como, Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), ANA (Agência Nacional de Águas) e Embrapa. Eles farão um relatório que será a base para a implementação do programa e também para o atendimento das demandas do Estado.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com