;

NOTÍCIAS

In:

Petuba e Wyszomirska podem estar com os dias contados em suas Secretarias

Por Redação

As secretárias Rosngela e Cláudia podem estar com os dias contados nas pastas de Saúde e de Esporte, Lazer e Juventude (Montagem: Tribuna do Sertão.Fotos: Agência Alagoas)

As secretárias Rosângela e Cláudia podem estar com os dias contados  nas pastas de Saúde e de Esporte, Lazer e Juventude (Montagem: Tribuna do Sertão/Fotos: Agência Alagoas)

O governador Renan Filho já anunciou que pretende fazer reformas em seu secretariado a partir deste ano, e os ajustes podem acontecer logo no comecinho de 2016. De acordo com uma fonte ligada ao governo do Estado, a “dança das cadeiras” pode ser iniciada na Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Uma das possibilidades seria a saída da secretária Rosângela Wyszomirska, para dar lugar a um nome que também faz parte da Secretaria.

A outra provável mudança pode ocorrer na Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, que tem Cláudia Petuba como titular da pasta. Segundo a fonte, Cláudia não estaria cumprindo suas metas de gestão, além de ter um relacionamento considerado nada humilde com os servidores que trabalham com ela, que se dizem sobrecarregados pelas atribuições que a secretária destina ao grupo. Isso pode ter contribuído para que o nome dela esteja cotado para ser substituído.

Agora, é esperar para conferir se essas mudanças acontecem, e quais os próximos passos do governador com relação aos ajustes que pretende fazer nas secretarias estaduais.

Ontem (6), durante o lançamento da pedra fundamental da BHR Indústria e Comércio, empresa de produtos químicos, em Marechal Deodoro, o governador de Alagoas, Renan Filho, falou que poderá haver mudanças em seu secretariado durante este ano.

Segundo o governador, os ajustes devem acontecer não por questão de insatisfação com a atual equipe, mas pela necessidade de cumprir um papel diferente do que foi necessário no ano anterior.

Renan Filho disse, ainda, que tem conversado com sua equipe de governo para avaliar se haverá a necessidade dessa reforma no secretariado em 2016 por ser um ano político com vistas para as eleições municipais em outubro deste ano. ”Estamos conversando. É natural que o governo, mesmo entendendo que a coisa está indo bem, faça alguma correção de rumo, uma mudança de perfil”, observou Renan Filho.

Compartilhe:
Tags: ,,,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *