;

NOTÍCIAS

In:

Casamento coletivo acontece nesta quarta-feira (12) no sistema prisional

Por Redação com Agência Alagoas
Quatorze casais participarão da cerimônia organizada pela Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris)Foto: Jorge Santos

Quatorze casais participarão da cerimônia organizada pela Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris)Foto: Jorge Santos

Valorizar a cidadania e fortalecer o vínculo familiar. Nesta quarta-feira (12), a partir das 14h, mais um casamento civil coletivo será concretizado no Complexo Penitenciário. Na ocasião, quatorze casais participarão da cerimônia organizada pela Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris). A celebração será conduzida pelo juiz da 16ª Vara Criminal da Capital de Execuções Penais, José Braga Neto, no Núcleo Ressocializador da Capital.

Graças ao trabalho desenvolvido pelo Balcão Cidadão da Seris, em parceria com o Tribunal de Justiça, já foram realizados quatro casamentos coletivos em 2017, número superior ao ano passado. A logística do evento será viabilizada pelo Balcão, enquanto a segurança e escolta dos apenados ficarão com sob responsabilidade da Chefia Especial das Unidades Penitenciárias (CEUP). O ato reunirá internos da Casa de Custódia da Capital, Presídio Cyridião Durval, Baldomero Cavalcanti e Penitenciária de Segurança Máxima.

Os mutirões de casamento coletivo ocorrem periodicamente. A coordenadora do Balcão Cidadão, Gisele Máximo, destaca os benefícios oriundos do vínculo familiar. “O carinho da família e acesso aos direitos são fatores determinantes para que os internos recomecem suas vidas com dignidade”, salienta. Tanto o casamento como a união estável são entidades familiares, na conformidade do que diz o artigo 226 da Constituição Federal.

Compartilhe:
Tags: ,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *