;

NOTÍCIAS

In:

Novos testes de Parapente e visita do esportista Sabiá reforçam vocação para o turismo de aventura

Por Assessoria
 cidade está situada no sopé das serras do Goiti, Candará e Boa Vista, a 342 metros de altitude, acima do nível do mar.

cidade está situada no sopé das serras do Goiti, Candará e Boa Vista, a 342 metros de altitude, acima do nível do mar.

Além de ser a Capital da Cultura de Alagoas, pelas tradições culturais que possui, Palmeira dos Índios também se destaca por ser um município propício para a prática de esportes radicais e de aventura, devido à própria natureza generosa com o lugar. A cidade está situada no sopé das serras do Goiti, Candará e Boa Vista, a 342 metros de altitude, acima do nível do mar. Por todos estes motivos, integrantes do grupo Alagoas Voo Livre voltaram ao local para realizar novos voos testes de parapente e trouxeram Luiz Henrique Tapajós Antunes dos Santos, mais conhecido por Sabiá, um premiado esportista aéreo, paraquedista e base jumper brasileiro.

Com 33 anos de experiência, Sabiá acumula mais de 14.000 mil saltos de mais de 300 tipos de aeronaves diferentes, como a asa delta e o parapente, e coleciona títulos internacionais de paraquedismo. “Voei aqui no morro do Cristo Redentor de Palmeira e o visual é sensacional. Meus amigos sempre falavam que o lugar é incrível e que o esporte pode crescer muito na região. E é verdade. O que eu vi foi um lugar lindo, com uma vista belíssima, com condição de voo e com uma excelente rampa natural que pode ser uma descoberta para ser uma das melhores do Brasil. Vamos precisar muito do apoio do governo municipal e da população, pois quem sabe teremos aqui, em um futuro próximo, um centro de esportes aéreos, com pilotos vindo do Brasil inteiro para cá, e também do exterior, para conhecer o céu de Palmeira dos Índios e curtir este visual, que não existe melhor”, disse Sabiá.

O instrutor do Grupo Alagoas Voo Livre Emerson Miranda, também reforçou que a rampa natural de Palmeira dos Índios é uma das melhores do Estado de Alagoas. “Palmeira tem condições propícias para o voo livre, de parapente e todas as características que simbolizam a região, sem falar nas belezas naturais que possui. Tenho certeza de que esse novo passo para o turismo de aventura vai render bons frutos para a cidade, para o esporte e para o turismo. Em breve estaremos de volta para um novo encontro descontraído e cheio de aventuras”, garantiu Emerson, que há 12 anos é instrutor de voo livre.

Para a secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo Clea Carvalho Palmeira tem um grande potencial turístico que, aos poucos, tem sido explorado. “O Emerson viu uma grande perspectiva para que o grupo possa atuar em Palmeira, e que também tem rampa natural para isso. Palmeira está redescobrindo suas vocações e por isso precisamos buscar profissionais que tenham conhecimento das áreas que pretendemos explorar, como essa modalidade do parapente. O município tem história, tem cultura, e turismo. Tem tudo para se desenvolver e com uma gestão responsável, como está sendo feita agora, isso vai acontecer com toda certeza”, destacou a secretária.

O prefeito Júlio Cezar destacou que Palmeira tem vocação natural para os esportes radicais e de aventura. “Já recebemos o clube do automóvel antigo, circuitos de quadriciclos e de MotoCross, trilhas de jeep, tivemos, também, neste fim-de-semana, o I Trekking Princesa do Sertão e a visita do grupo Alagoas Voo Livre que nos honrou com a presença do Sabiá. Isso é bom porque as pessoas voltam a frequentar a cidade, se hospedam nos hotéis, fazem refeições em lanchonetes e restaurantes. Palmeira é uma cidade que encanta, é bucólica e a Prefeitura de Palmeira apoia os esportes”, garantiu o prefeito.

Compartilhe:
Tags: ,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *