;

NOTÍCIAS

In:

Esbanjando: prefeitura firma contrato de R$185 mil para compra de água mineral

Por Redação

Contrato da prefeitura de Palmeira para compra de água em Cacimbinhas: mais de 37 mil botijões de 20 litros

Em tempos de pandemia, além do vírus – a gastança na prefeitura de Palmeira dos Índios anda solta.

Em publicação de hoje (13) do Diário Oficial do Município, um contrato para fornecimento de água e copos descartáveis chamou a atenção de cidadãos  e especialistas que estão atentos às contas públicas.

O valor do contrato firmado com a empresa Tenório e Bulhões empreendimentos LTDA, do município de Cacimbinhas, para fornecimento até 31 de dezembro de água mineral (botijão de 20 litros) e copos descartáveis soma a bagatela de R$185.908,60  – o que daria para comprar no mercado local a preço de revenda (cinco reais) 37.181 botijões de 20 litros ou 61.969 pacotes de 100 copos descartáveis (custam três reais nos mercadinhos).

A média da despesa com a compra de água e copos descartáveis de agora (data de assinatura do contrato) até junho somaria R$26 mil mensal.

Outro fato que informado à Tribuna do Sertão é que o comércio local quase nunca é prestigiado pela gestão de Julio Cézar, que já adquiriu até condicionadores de ar em uma “bodega” da cidade de Batalha.

Sabe-se que o consumo maior de água pelo Município é nas escolas, mas essas estão fechadas em razão da pandemia e o MEC já sinalizou na data de hoje (13) que as aulas não poderão voltar até o dia 15 de junho, data que poderá ainda ser prorrogada dependendo da situação da covid-19 no país.

Pelo que se vê, a gestão de Julio Cezar está com muita sede, precisando de muita água para saciá-la, fato que a música do Carlinhos Brown, “Olha a água”,  cai bem  para o momento.

– Bebeu água?

– Não!

– Tá com sede?

– Não!

Olha, olha, olha a água mineral. Água mineral…

Compartilhe:
Tags: ,,,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *