;

NOTÍCIAS

In:

Laserterapia: farmacêutica alagoana é a primeira a usar técnica no Estado

Por Assessoria

O farmacêutico tem se mostrado um profissional de saúde multidisciplinar e Maria das Graças, é a primeira farmacêutica do Estado a aplicar a técnica de laserterapia. De acordo com ela, este é mais um serviço que pode ser ofertado aos pacientes que tem acompanhamento farmacêutico. “Além do acompanhamento clínico, a gente traz este serviço como um diferencial complementando o nosso atendimento tradicional”, pontuou.

Maria explica que este tipo de terapia traz resultados promissores e em seu caso, ela tem cuidado de pacientes portadores de pé diabético que muitas vezes tem indicação médica para amputação e com a terapia, na maioria da vezes, é possível reverter a indicação médica. “A gente trata todo tipo de ferida que não fecha porque a pele não tem elasticidade, além de ajudar no tratamento de estresse, no uso de antidepressivos, ansiedade, desintoxicação do organismo e a fissura mamária que ajuda na amamentação da criança”, revelou.

Para a farmacêutica os benefícios deste tratamento podem acontecer em até seis meses trazendo uma melhor qualidade de vida para estas pessoas. “A laserterapia estimula a regeneração do tecido, ajudando a acelerar a cicatrização. Hoje ele pode ser usado no fechamento de feridas abertas, úlceras e feridas pós-operatórias, alívio da dor; tanto em pontos gatilhos quanto em pontos de acupuntura e em lesões de tecidos moles – tendões, ligamentos e músculos”, falou.

Mesmo durante esse momento de pandemia, Maria não tem deixado de fazer o atendimento aos seus pacientes. Eles têm acontecido de forma domiciliar já que fazem parte do grupo de risco e com todos os protocolos de segurança.

O tratamento

O laser de baixa potência tem sido usado como recurso para o tratamento da dor, de inflamações, lesões musculoesqueléticas, na cicatrização dos tecidos e controle de infecções de pele superficiais. Ele produz efeito anti-inflamatório, analgésico, estimulante celular e modulador do tecido conjuntivo na regeneração e na cicatrização de diferentes tecidos.

Atualmente o uso do laser encontrou aplicabilidade na aceleração seletiva de diversos processos e funções celulares, entre os quais a cicatrização e o reparo de feridas.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *