;

NOTÍCIAS

In:

Para maioria do Fed, juros devem ficar entre 0% e 0,25% ao menos até 2023

Os juros nos Estados Unidos devem permanecer na atual faixa entre 0% e 0,25% ao menos até 2023, apontam as projeções divulgadas nesta quarta-feira, 16, pelo Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano). Todos os 17 dirigentes do Fed veem a taxa dos Fed Funds na faixa atual, entre 0% e 0,25%, em 2020 e 2021. Para 2022, 16 dirigentes veem os juros na mesma faixa, entre 0% e 0,25%, e apenas um dirigente vê as taxas na faixa entre 0,5% e 0,75%.

Dos 17 dirigentes, 13 veem os juros na faixa atual, entre 0% e 0,25%, em 2023, enquanto dois veem taxas entre 0,25% e 0,50%; um vê os juros na faixa entre 0,50% e 0,75%; e outro vê as taxas entre 1,25% e 1,50%.

No longo prazo, oito dirigentes veem as taxas em 2,5%; três veem os juros em 2,25%; dois em 3,0%; um em 2,0%; e outro em 2,75%.

Decisão não foi unânime

A decisão de política monetária do Federal Reserve anunciada nesta quarta-feira não aconteceu de forma unânime. Os presidentes das distritais da instituição em Dallas, Robert Kaplan, e em Minneapolis, Neel Kashkari, divergiram sobre a comunicação sobre os planos futuros para os juros.

Segundo comunicado, Kaplan defendeu que uma maior flexibilidade para as taxas, embora concorde que elas devam ficar nos níveis atuais até que a economia esteja a caminho de atingir os objetivos de máximo emprego e estabilidade de preços.

Kashkari, por sua vez, gostaria que o Fed indicasse disposição em manter juros inalterados até que o núcleo da inflação atinja 2% “de forma sustentável”.

Operações repo

O Federal Reserve prometeu realizar operações repo reversas com limite de US$ 30 bilhões por dia, a uma taxa de juros de 0%. A instituição informou que conduzirá operações de recompra a termo e overnight “para apoiar a implementação de políticas eficazes e o bom funcionamento dos mercados de financiamento em dólares de curto prazo”.

Autor: Iander Porcella, André Marinho e Gabriel Bueno da Costa
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *