;

NOTÍCIAS

In:

Vereador Júnior Miranda pede extratos bancários de recursos da covid-19 e do Açude do Goití

Por Éder Patriota

Na sessão ordinária da última quarta -feira , 21, realizada pela Câmara Municipal de Palmeira dos Índios, o pronunciamento do vereador e ex-presidente do legislativo palmeirense por dois mandatos Júnior Miranda do partido PROS e candidato à reeleição chamou a atenção de todos os oito vereadores que estavam presentes e que foi aprovado por unanimidade.

O vereador palmeirense ficou curioso após o apelo através de programa de rádio do deputado progressista Arthur Lira que fez uma cobrança em público que até hoje repercute na cidade.

Conforme a entrevista concedida pelo deputado federal Arthur Lira (PP) à Rádio Palmeira FM, o parlamentar disse ao radialista Anselmo Robério que havia destinado uma Emenda de R$7,6 milhões para a manutenção do Hospital Santa Rita e futuros investimentos no local desde o dia 16 de agosto desse ano, por meio do Fundo Municipal de Saúde que é vinculado à Secretária Municipal de Saúde – recursos estes que segundo o deputado estão represados desde essa data.

Com isso, o vereador entrou com três requerimentos diferentes na Casa Legislativa e que tem como alvo solicitar informações da pasta da saúde em Palmeira dos
Índios e um deles, é de interesse popular que é a exibição do Extrato
bancário referente aos recursos financeiros destinado às ações de Combate ao Covid-19 e mostrar se estão guardados ou como foi utilizado os R$7,6 milhões de emenda do deputado federal Arthur Lira (PP).

O vereador afirma que o prefeito é obrigado pela lei a prestar esclarecimentos dos questionamentos realizados dentro de 15 dias e de qual maneira estão sendo utilizados os recursos recebidos em 16 de agosto do corrente ano, onde foram utilizados e as razões que levou a prefeitura a não repassar o montante financeiro designado para o Hospital Santa Rita de forma célere.

Obra do cartão postal

O outro requerimento do edil palmeirense foi sobre o Açude do Goití, onde solicita informações, acerca das obras no seu entorno, tais como: Quanto foi orçado para a execução dos serviços no local? O recurso se encontra nos cofres da prefeitura ou aguarda liberação de Brasília? Onde foi gasto?

Marketing

No último requerimento – dos três pôlemicos – do parlamentar, ele solicitou que o prefeito Júlio Cezar (PSB) explicasse a contratação da Agência de Marketing, para elaborar as peças publicitárias divulgativas das ações da prefeitura ao longo de seu mandato.

Segundo informações chegadas à redação da Tribuna do Sertão, até janeiro de 2020 já teria sido empenhado mais de R$ 2,8 milhões de publicidade nesse mandato, porém o vereador que o extrato bancário com a ordem de pagamento para a agência e seus fornecedores.

O outro lado

Procurado pela reportagem da Tribuna do Sertão, via aplicativo de whatsaap, o coordenador de comunicação da prefeitura de Palmeira dos Índios Henrique Romeiro até o fechamento da matéria não respondeu as indagações do veículo. Segundo ele ao ser informado do horário de fechamento da edição, respondeu por whatsaap que “as informações citadas pelo vereador Júnior Miranda, exige muita responsabilidade e dessa maneira em tão pouco tempo não tem como enviá-las. É muita informação citada para pouco de rebate-la, disse.

Compartilhe:

Comente no Facebook

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *