;

NOTÍCIAS

In:

Igaci: Mulher é agredida e tem celular tomado por correligionário de Edval Gaia

Por Éder Patriota/Assessoria

Após ter sido supostamente agredida pelo líder comunitário Adriano Ferreira da Silva, que fazia campanha para o candidato Edval Gaia Filho (PP) portando no peito adesivos do mesmo, a comerciante Júlia Alves Ferreira, por meio do seu advogado solicitou Medida Protetiva de urgência.

Segundo o advogado da vítima, Dr. Arthur Ferro, foi solicitado ao juiz de Igaci Dr. Elielson dos Santos Pereira, as seguintes medidas: proibir o réu de se aproximar da vítima e de seus familiares, a uma distância mínima de 400 metros; o réu responda a processo criminal; intervenção do Ministério Público nos termos do Artigo 698 do Código de Processo Civil; proibição de contato com a vítima e familiares, por qualquer meio de comunicação.

Entenda o caso
A vítima, ontem por volta das 17 horas quando se encontrava em um veículo no Loteamento Lourenço Ferreira, foi agredida e teve o seu celular tomado de forma violenta e sorrateira.

Conforme relato da vítima, ela sofreu grande constrangimento com a situação. “Nunca passei por uma situação como esta e fiquei muito abalada diante das ameaças e agressões que sofri, por parte do acusado”, contou.

Conforme peticionou o advogado da vítima ao juiz, tramita na justiça outras ações contra o acusado, as quais evidenciam histórico de intimidação e violência.

veja o vídeo

Compartilhe:
Tags: ,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *