;

NOTÍCIAS

In:

Palmeira: Após fiscalização inédita, radialista “defende” prefeito dizendo que vereadores mamavam nas tetas do governo

Por Redação

O novato Geraldo Ribeiro ensina os veteranos a fiscalizar

O vereador de Palmeira dos Índios Geraldo Ribeiro (PTB) após se destacar e ser cognominado como “fiscal do povo” causou ontem (25) uma ação inédita de seus pares na Câmara Municipal; a de fiscalizar as ações e serviços públicos.

O fato divulgado apenas nas redes sociais não repercutiu como deveria, mas incomodou e causou indignação no radialista Anselmo Robério, da Palmeira FM que comentou sobre o assunto na manhã desta terça (26) e saiu em defesa do prefeito.

Radialista saiu em defesa de prefeito

Para Anselmo Robério, a ação de fiscalização se dá por causa da insatisfação dos edis em virtude da perda de cargos na administração e apela para os vereadores “acabarem com isso”.

“Não tem esse negócio de estarem visitando postos de saúde, dizendo que está faltando médico, está faltando medicamento, faltando atendimento. Isso não cola! Principalmente, porque quase todos eles [vereadores] sempre estiveram do lado do prefeito Júlio Cézar, mamando nas tetas da Prefeitura”, criticou.

Diz o radialista que se os cargos forem distribuídos tudo volta ao normal.

“Ainda bem que o prefeito Júlio Cézar está calado, deixando o tempo passar”, comentou o radialista.

“ O povo não acredita nessas matérias que estão colocando nas redes sociais. Não tem fundamento porque todos eles sempre estiveram abraçando, beijando, apertando as mãos do prefeito Júlio Cézar. Não preciso nem falar os nomes, por que todos eles sempre estiveram aplaudindo o prefeito. Aí agora estão dando uma de oposição. Não cola!”.

Anselmo vai além em seu comentário no Programa Balanço Geral e diz que todos os vereadores com exceção de Geraldinho Ribeiro (PTB) estavam mamando nas tetas da prefeitura e que se tiver alguma irregularidade na secretaria de saúde, todos os vereadores são complacentes”.

Ouça os áudios que circulam nas redes sociais

Compartilhe:
Tags: ,,,

Comente no Facebook

1 Comentário

  • Fernando Alves do Nascimento disse:

    No dia que o legislativo deixar de fiscalizar o executivo, não há mais sentido de existir. O radialista presta um desserviço induzindo ou forçando seus ouvintes a crer nesta sua retórica. O fato de ter existido mamadores é outra narrativa laudatória apedéutuica e sem nexo .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *