;

NOTÍCIAS

In:

Prefeito de Palmeira anuncia 16° Secretário; Xucurú Kariri Cássio Junio vai para a Cultura

Por Eder Patriota com redação

Cássio Junio novo secretário de Cultura

Após ser indicado pelo Fórum Pernamente de Cultura de Palmeira dos Índios, em uma lista tríplice que tinha também os nomes de Marcone Correia presidente da Companhia Mestre da Graça e Lidianny Ferro, presidente do Conselho Municipal de Cultura, Cássio Júnio Ferreira da Silva, 25 anos, natural de Palmeira dos Índios, foi escolhido pelo prefeito reeleito Júlio Cezar da Silva para comandar a Secretaria Municipal de Cultura.

A escolha se deu após o compromisso firmado durante a campanha com os artistas locais.

Antes de ser secretário municipal de Cultura, Cássio Júnio foi candidato a vereador pelo PT e obteve 358 votos, ficando na 3a suplência.

Cássio Junio vai enfrentar em sua gestão uma pasta desestruturada, que nos últimos quatro anos sob o comando da escritora Isvania Marques, deixou a desejar, especialmente com relação aos seus principais equipamentos culturais, a Casa de Graciliano Ramos fechada há 3 anos e quatro meses e o Museu Xucurus de Artes e Costume que sofreu no ano passado 3 assaltos e encontra-se com seu acervo mal cuidado e o prédio em estado de petição de miséria.

Sobre o fechamento do Museu Xucurus e da Casa Museu Graciliano Ramos, o novo secretário não tem nenhuma posição definida, acerca do tema, pois irá discutir isso posteriormente com o prefeito Júlio Cezar e somente após isso se pronunciará.

Cássio Júnio é um autêntico membro da tribo xucuru-kariri e ativista indígena. Residente na Fazenda Canto, aldeia indígena localizada na Zona Rural de Palmeira, ele é professor de História formado pela UNEAL, Pós graduado em história do Brasil na Universidade Candido Mendes e Mestre em antropologia social pela Ufal.

“Desde o ano de 2017 leciona na rede estadual de ensino na Escola Estadual Indígena Pajé Miguel Selestino da Silva e foi
Conselheiro Municipal de Cultura de 2017 à 2019”, contou.

Cassio disse que pretende em sua gestão, realizar os seguintes projetos: “Conceber um inventário cultural no município-com base em experiência que conheço no município de Conde do estado da Paraíba, onde ficaria catalogado todos os aspectos culturais do município, podendo ser utilizado nas escolas e fortalecer o diálogo com os artistas de base”, destacou.

Depoimento

O professor Cosme Rogério, ex-secretário de Cultura do município no segundo mandato do prefeito Alberico Cordeiro disse que foi acertada escolha do professor, historiador e antropólogo Cássio Júnio Xukuru-Kariri para Secretário Municipal da Cultura.

“Cássio é companheiro nosso do Partido dos Trabalhadores, ex-conselheiro municipal de política cultural, um dos nomes democraticamente indicados pelo Fórum Permanente de Cultura de Palmeira dos Índios e primeiro índio a ocupar esse cargo. Tal escolha representa uma mudança profunda de paradigma na gestão cultural: se anteriormente esse cargo foi uma homenagem aos/às seus/suas titulares, mesmo que estes/estas não tivessem vocação para o planejamento, para a organização e, acima de tudo, para o diálogo com os/as agentes culturais, agora ele se insere na estrutura do governo como setor estratégico para o desenvolvimento socioeconômico do Município. A presença de Cássio Júnio, que representa o vigor da juventude, o preparo acadêmico e a experiência da luta e da organização históricas dos povos indígenas, expõe a gestão da cultura ao sol, para tirar o cheiro de mofo das solenidades fúnebres e afastar o frio marmóreo das tumbas do beletrismo municipal. Faço votos de uma ótima gestão, e me coloco à disposição para apoiá-lo como cidadão e como agente cultural do nosso Município”, finalizou.

Compartilhe:
Tags: ,,,,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *