;

NOTÍCIAS

In:

Juros curtos recuam e longos têm viés de alta após ajuste da véspera ao Copom

Os juros futuros mais curtos têm leve correção de baixa na manhã desta sexta-feira, 18, em dia de agenda esvaziada, enquanto os médios rondam a estabilidade e os longos têm viés de alta. Na quinta-feira, 17, as taxas subiram, sendo o movimento mais acentuado nas curtas diante da percepção de que o Copom pode subir a Selic em 100 pontos-base em agosto e setembro, afastando mais a taxa do nível considerado neutro, de 6,5%, até o final do ano. Às 9h11 desta sexta, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2022 marcava 5,58%, de 5,60% no ajuste de ontem. O DI para janeiro de 2023 marcava 7,15%, mesma taxa do ajuste anterior, e o para janeiro de 2027 estava na máxima de 8,58%, de 8,56% no ajuste anterior.

Autor: Luciana Xavier
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *