;

NOTÍCIAS

In:

Palmeira dos Índios participará de protestos contra Bolsonaro no dia 19

Por Lucas Alves de Araújo

Depois do 29 de maio – dia das primeiras manifestações ocorridas em diversos estados do país contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) –, Palmeira dos Índios é mais uma cidade alagoana que entra para o calendário dos atos que ocorrem à nível nacional nesse próximo 19 de junho (sábado).

Puxado pela Unidade Popular, PSOL, PT, Sinteal, Sindprev, torcida organizada CSE Antifascista, por representantes do povo Xukuru Kariri e das comunidades quilombolas, as organizações, entidades e movimentos mencionados constituirão uma frente local e unirão forças para passeata, cuja concentração ocorrerá na Praça da Igreja São Cristóvão, a partir das 9 da manhã e culminará na Praça da Independência, com “adesivaços”.

A comissão organizadora assevera que “todos os protocolos sanitários serão cumpridos, tais como o distanciamento social entre os manifestantes e a utilização de máscaras de proteção PFF2 e álcool em gel”, a exemplo dos atos de maio.

A expectativa é a de que os atos ganhem crescimento, em comparação as do mês passado – que em Alagoas ocorreram em Maceió, Arapiraca e Delmiro Gouveia e colocaram mais de 6 mil pessoas em protesto nas ruas. A gestão do atual governo do presidente Jair Messias Bolsonaro – que inclusive está sendo investigada pela CPI da Pandemia –, vem sendo duramente criticada por atitudes negacionistas e omissões quanto à situação pandêmica em que se encontra o país. Além do descaso sistemático diante da vacinação (a compra de vacinas e insumos fora recusada pelo Governo Federal por diversas vezes), o brasileiro ainda se encontra preso em uma crise de altos preços do combustível, dos alimentos e dos produtos essenciais, bem como pelo corte no auxílio-emergencial.

Em nosso estado já passamos dos mais de 5 mil mortes pela covid-19, com mais de 204 mil casos de contaminação. Por sua vez, apenas 79 mil doses da vacina foram aplicadas, menos de 12% da população. Tudo isso porque o presidente negou a compra da vacina no ano de 2020. Por tudo isso, convocamos a toda a população a se manifestar, mantendo a segurança sanitária, exigindo o impeachment do Bolsonaro, pois este não tem capacidade de governar nossa nação.

Compartilhe:
Tags: ,,,

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *