;

NOTÍCIAS

In:

Guilherme Salas vence de ponta a ponta corrida 1 da Stock Car em Mogi Guaçu

O jovem piloto Guilherme Salas, que surpreendeu ao conquistar a pole position na véspera, fez ótima corrida 1 e venceu a prova de ponta a ponta neste domingo, dia 24,e Mogi Guaçu. A primeira parte da 10ª etapa da Stock Car foi marcada pela cautela dos pilotos na largada e durante toda a disputa. Sem sofrer ataques do segundo colocado Ricardo Zonta, Salas conquistou sua segunda vitória na carreira, a primeira em 2021. César Ramos, que largou em 3º, manteve a posição no fim da corrida e completou o pódio.

Guilherme Salas melhorou sua colocação na tabela, mas ainda está longe dos primeiros colocados. De qualquer forma, mais um piloto entra na briga pelos próximos pódios da Stock Car.

Na briga pelo título do campeonato deste ano, o atual líder Gabriel Casagrande não forçou seu carro na prova e terminou em 10º colocado. O vice-líder Daniel Serra conseguiu recuperar algumas posições e fechou a corrida em 5º. Nada mal para quem não foi bem no fim de semana de preparação e tomada de tempo. A pontuação pode ajudá-los na somatório final.

Os pilotos da Stock Car vieram para a prova esperando uma disputa com pista molhada, debaixo de chuva, que até ameaçou na volta de aquecimento, mas não se confirmou em Mogi Guaçu. Após a volta de apresentação, os carros não se alinharam corretamente, o que fez com que as luzes vermelhas não se apagassem e a largada não acontecesse, conforme o previsto.

Com isso, o safety car entrou na pista para mais uma volta de aquecimento e assegurar a largada. Na saída, o pole position Guilherme Salas manteve a ponta, mesmo com pressão de Ricardo Zonta. Com o tempo dos carros foram se espaçando um pouco mais.

O clima ameno na previsão e os desafios da reta final da temporada parecem ter acalmado os pilotos, que fizeram largada com cautela e sem riscos de batidas. Na briga pelo título, Daniel Serra perdeu uma posição na largada e Gabriel Casagrande permaneceu na 6ª posição.

O líder do ranking de ultrapassagens, Gaetano Di Mauro, foi o melhor piloto no início da corrida, pulando seis posições, até o 14º lugar. Felipe Massa, que vinha na sua melhor classificação do campeonato, em 7º lugar, queimou a largada, levou punição e decidiu abandonar a primeira corrida pensando em preservar o carro para a segunda disputa, em que poderia ir melhor.

A primeira metade da corrida 1 foi marcada pela manutenção das posições na pista. Os pilotos não tentaram muitas brigas em busca de posições, mas isso começou a mudar quando a prova foi se encaminhando para o seu final. A partir daí, os corredores foram acelerando e pisando fundo. Alguns pegas deram mais calor à disputa.

César Ramos e Gabriel Casagrande ficaram responsáveis por parte das emoções. O líder do campeonato perdeu a posição na briga direta e também algumas outras na parada dos boxes. Daniel Serra, vice-líder da temporada, fez boa parada e subiu para a 5ª colocação. Após parada nos boxes, Ricardo Zonta até tentou ameaçar a liderança de Salas, mas o pole se defendeu bem e confirmou a vitória no Velocitta, a segunda de sua carreira.

Confira a classificação da corrida 1 da 10ª etapa da Stock Car 2021

1º – Guilherme Salas
2º – Ricardo Zonta
3º – César Ramos
4º – Diego Nunes
5º – Daniel Serra
6º – Allam Khodair
7º – Gaetano Di Mauro
8º – Thiago Camilo
9º – Ricardo Maurício
10º – Gabriel Casagrande
11º – Marcos Gomes
12º – Pedro Cardoso
13º – Átila Abreu
14º – Lucas Foresti
15º – Julio Campos
16º – Rubens Barrichello
17º – Matias Rossi
18º – Galid Osman
19º – Tuca Antoniazi
20º – Cacá Bueno
21º – Denis Navarro

Autor: João Paulo dos Santos, Especial para a AE
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *