;

NOTÍCIAS

In:

Diteal e Maria Emília Clark apresentam Ubuntu com entrada gratuita, nesta terça (30)

Por Assessoria

A união entre o balé e a educação resulta em espetáculos lindos e transformação de vidas. A parceria entre a bailarina e  professora, Maria Emília Clark, e a Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas (Diteal), é uma prova disso. O projeto Balé a Serviço da Educação, que oferece aulas gratuitas a alunas e alunos da rede pública de ensino, em seu sexto ano de atividades, vai culminar no próximo dia 30, uma terça-feira, com o espetáculo “Umbutu”.

“Chegamos a mais um espetáculo de culminância do projeto Ballet a Serviço da Educação, uma exitosa parceria entre a Diteal e a bailarina Maria Emília Clark. É gratificante e lindo ver o resultado deste trabalho no palco. No dia-a-dia, podemos observar o desenvolvimento dessas alunas e desses alunos. No palco, temos ainda mais certeza do quanto é  importante arte, cultura e educação andarem juntas”, observou a diretora-presidente da Diteal, Sheila Maluf.

Serão 30 adolescentes, entre homens e mulheres, no palco, mostrando o resultado de todo trabalhado que há meses vem sendo desenvolvido. Ubuntu é uma palavra de origem africana, identifica uma ação que traduz uma ideia filosófica que induz ao respeito, a solidariedade e a empatia, com foco na preservação do meio ambiente, na qual “a minha existência está conectada a do outro”.

“Desta forma, somos e fazemos parte do processo de manutenção do nosso habitat, espaço ecológico preservado e união, dos povos em torno do bem fazer e na construção de uma nova ordem existencial, no momento entre a pandemia e a pós”, explica a professora Maria Emília Clark.

Foram dois meses de preparação, divididos em 14 ensaios para a montagem do espetáculo. A diversidade de rostos e idades é uma das marcas do Balé a Serviço da Educação. Para se ter uma ideia, as idades variam de 21 anos até uma bailarina mirim com apenas seis anos. Todos os protocolos de segurança serão respeitados, como uso de máscara e o respeito a capacidade permitida por Decreto Estadual.

O espetáculo será aberto ao público, mas aqueles que quiserem reservar seu lugar, já que geralmente as apresentações do projeto são lotadas, pode fazer sua reserva clicando aqui: https://forms.gle/4epgHB8UKnb9nDh46 .

Vale lembrar que a Diteal realiza o Projeto Escola, destinando ingressos para alunos e educadores da rede pública de ensino e instituições sociais. Os representantes devem agendar pelo e-mail: escolasditeal@gmail.com ou por telefone: (82) 3315-5660 e 98884-6885, de segunda a sexta, das 8h às 14h.

Foto: Jorge Vieira

Foto: Jorge Vieira

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *