;

NOTÍCIAS

In:

Com a participação do Estado, ONU-HABITAT promove oficina para auxiliar o combate à pobreza em Alagoas

Por Secom Alagoas, com assessoria

Reunindo representantes de diversas secretarias do Governo do Estado de Alagoas, o Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) promoveu, na última sexta-feira (26), uma oficina que visa otimizar o monitoramento e a avaliação de projetos estratégicos para o Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza (Fecoep).

Mediada pela consultora do ONU-Habitat, Érica Machado, a iniciativa, além de capacitar os gestores de projetos financiados pelo Fundo, oportunizou a apresentação das “Diretrizes para a análise e o monitoramento de propostas de projetos financiados pelo Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza” – estudo que propõe uma nova estrutura para a submissão e avaliação desses projetos.

“O trabalho em Maceió revela a importância do Fecoep como um instrumento essencial para a promoção da redução e erradicação da pobreza e também mostra a importância da avaliação para que a gente possa ter, de fato, evidências sobre a necessidade dele nessa área. O Estado demonstra um conjunto de capacidades técnicas com grande potencial para promover uma revolução das evidências nesse âmbito”, pontuou a consultora.

Além da oficina, a equipe do ONU-Habitat realizou uma visita técnica à Grota do Rafael – assentamento informal localizado na capital alagoana – para conhecer, de perto, as ações de melhorias habitacionais financiadas pelo Fundo. A programação contou ainda com uma reunião com a Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz), que teve como foco a discussão em torno das recomendações propostas para o aprimoramento dos projetos submetidos ao Fecoep.

“Esse estudo vai trazer mais eficiência e foco em resultados. A gente só consegue dizer que um projeto é bem feito quando ele é monitorado e avaliado, então esse produto é de extrema importância para que a gente possa realmente aplicar políticas públicas que façam a diferença na vida da população”, afirmou a secretária Especial do Tesouro Estadual de Alagoas, Renata dos Santos.

ONU-Habitat em Alagoas – Desde 2017, o ONU-Habitat atua em parceria com o Governo do Estado de Alagoas na elaboração de diagnósticos, estratégias e ampliação das capacidades técnicas que contribuam para o desenvolvimento urbano sustentável. A agência tem cooperado com dados, informações e diretrizes para apoiar os atores locais a implementar iniciativas que melhorem os indicadores urbanos e socioeconômicos locais, sobretudo dos assentamentos mais precários da capital, Maceió.

Compartilhe:

Comente no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *