quarta-feira, 29 de maio de 2024
In:

Cibele Moura lamenta morte de estudante durante briga na porta da escola

Por Comunicação/ALE

Em pronuciaento na sessão desta quinta-feira, 21, a deputada Cibele Moura (MDB) lamentou a morte de um estudante de 15 anos, na porta da Escola Estadual Rubens Canuto, no bairro do Benedito Bentes, em Maceió. O jovem foi assassinado por outros menores. “Toda a sociedade escolar alagoana está chocada! Estava tendo uma briga e ele, com 15 anos, decidiu sair para apartar a confusão, sendo atingido por seis golpes de canivete”, reportou a parlamentar.

“Repito, 15 anos de idade, na porta da escola que estudava, morto por seis golpes de canivete. Isso é um absurdo! Isso demonstra toda a nossa incapacidade como sociedade de cuidar dos nossos jovens e das nossas crianças”, desabafou Moura, afirmando que a vítima foi morta por “marginais”. Segundo a parlamentar, é necessária uma reavaliação do Código Penal no que diz respeito a crimes cometidos por menores. “A solução precisa partir de Brasília, com os deputados federais e senadores diminuindo a maioridade penal e permitindo a prisão de adolescentes que cometerem assassinatos. “Uma pessoa com 16 ou 17 anos, que tem a capacidade de matar por motivo torpe, também deve ter capacidade de cumprir uma pena”, disse Cibele Moura. Ela finalizou sugerindo a adoção de botões antipânico instalados nas escolas para casos como esse.

Aparte
O deputado Cabo Bebeto (PL) parabenizou a colega pelo pronuciamento. O parlamentar lembrou que apresentou um projeto de lei para que o Estado contrate agentes de segurança aposentados para atuarem nas escolas. “Com policial militar, civil ou agente do Corpo de Bombeiros presente, eu duvido que esse crime tivesse acontecido”, afirmou ao lembrar que seu projeto foi vetado.

“A burocracia, os entraves que são criados para proteger os alunos, não deveriam acontecer numa matéria como essa”, criticou ele, apelando para que o governador Paulo Dantas coloque mais seguranças nas escolas para evitar crimes. “É lamentável o jovem de 15 anos que entrou pra separar a briga e perdeu a vida. Fica aqui meus sentimentos à família”, encerrou Cabo Bebeto, parabenizando novamente Cibele Moura pela abordagem do tema.

Compartilhe:

Comente no facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *