BOXE

Conselho Mundial de Boxe vai rever resultado da luta do título mundial de Robson Conceição

Publicado em 09/07/2024 às 22:20
Captura de tela 2024-07-09 223851.png

Mauricio Sulaiman, presidente do Conselho Mundial de Boxe (CMB), anunciou nesta terça-feira que a organização vai rever o resultado da luta do título mundial de Robson Conceição. No sábado, em Newark, nos Estados Unidos, o pugilista brasileiro derrotou o americano O'Shaquie Forter por pontos, em decisão dividida (2 a 1), após 12 assaltos.

A imprensa especializada, principalmente a americana, contestou muito o resultado, no qual dois jurados viram Robson como vencedor (116-112 e 115-113) e outro apontou o americano como o melhor em cima do ringue (116-112). Foster, ainda em cima do tablado, exigiu a revanche imediata e considerou a atuação dos jurados um "roubo".

A análise da CMB pode durar até um mês. A maior organização internacional do boxe pode retirar o título de Robson, exigir uma revanche imediata ou apenas prometer a Foster uma nova oportunidade de conquistar o título mundial em breve. Isso, caso, considere que a análise dos jurados foi errada.

Em 2021, Robson enfrentou o mexicano Oscar Valdez e sofreu situação semelhante, quando foi melhor na luta, mas acabou não levando o cinturão. Na oportunidade, o CMB também revisou as notas dos jurados, mas não retirou o título do mexicano. Robson foi colocado em quarto lugar no ranking da entidade e disputou o título mundial no ano seguinte.