FUTEBOL

Técnico da Holanda alfineta arbitragem após eliminação na Euro e Van Dijk desabafa: 'Dói muito'

Publicado em 10/07/2024 às 20:21
Ronald Koeman

A seleção da Holanda ficou muito perto de garantir vaga na final da Eurocopa, mas acabou sendo eliminada nesta quarta-feira, na derrota para a Inglaterra, por 2 a 1, em Dortmund. O técnico Ronald Koeman mostrou incômodo com a arbitragem, muito por causa do pênalti marcado sobre Harry Kane, que converteu a cobrança.

"Não foi pênalti. A única atenção do Denzel Dumfries era bloquear o chute. Harry Kane então finaliza e seus pés colidem. O VAR está danificando o futebol com esse tipo de chamada. Fica difícil de se jogar assim", disse o treinador, que admitiu a superioridade inglesa em boa parte do duelo.

"Nós não controlamos o jogo, mas conseguimos ser superiores nos últimos 20 minutos da partida, mas tudo terminou no minuto 90. Foi uma ótima finalização e tudo acabou. É algo difícil de aceitar", completou o comandante, que acredita no título da Inglaterra na final sobre a Espanha.

"Acho que a Inglaterra mostrou um ótimo jogo depois de sair perdendo por 1 a 0. Eles estão na final e têm chance de vencer. A Espanha está jogando em um nível muito alto, mas a Inglaterra pode superá-los, por que não?"

Responsável pelo polêmico pênalti sobre Harry Kane, Dumfries assumiu a responsabilidade pela eliminação da Holanda. "Assumo toda a responsabilidade pelo pênalti que cometi. Eu não fiz isso de propósito. Eu só queria bloquear o chute", afirmou.

Já o zagueiro Van Dijk contestou a arbitragem e mostrou muito desapontamento com a queda da Holanda na semifinal. "O árbitro voltou correndo para dentro logo após o apito, isso diz muito. Acho que eles precisam ser ouvidos e explicar o que aconteceu. É o que tenho para falar, estou sem palavras. Dói ser eliminado assim", finalizou.